Homem armado invade estúdios da Rede Globo e faz repórter refém!

Bolsonaro se solidariza com Renata Vasconcelos e Marina Araújo após ataque

Por Harlis Barbosa 11/06/2020 - 11:01 hs
Foto: Imagens extraídas da internet
Homem armado invade estúdios da Rede Globo e faz repórter refém!
Montagem hbsportnews

O homem que invadiu a sede da TV Globo nesta quarta-feira (10/6) e fez a repórter Marina Araújo refém, praticou o ataque pois queria ver a jornalista Renata Vasconcelos, que faz aniversário hoje. A informação foi dada por Willian Bonner, que encerrou a edição do Jornal Nacional desta quarta-feira, ao lado de Renata, para explicar o que aconteceu e tranquilizar a todos. A apresentadora está completando 48 anos. 

 

Bonner explicou que o homem estava à procura da jornalista e disse que queria falar com ela. A polícia foi acionada e orientou Renata a aparecer para ajudar na negociação. Assim, o invasor soltou a refém e foi imediatamente preso.

 

Os apresentadores parabenizaram a ação da polícia e informaram que, apesar do susto, as duas jornalistas estão bem e não houve nenhum ferido.

"Ao longo da tarde, a notícia correu e recebemos muitas manifestações de apoio. Agradecemos a todas as mensagens. Foi um susto enorme, mas nós recebemos aqui na redação as duas colegas sãs e salvas, e agradecemos também a ação impecável da PM na proteção delas.”, disse Bonner.

 

Renata encerrou o jornal fazendo um apelo de paz ao público.”É isso. Vida que segue. Desejo a todos paz. Boa noite!”.


Mais cedo, Renata Vasconcelos usou o Instagram para postar celebrar o aniversário, ao lado da irmã gêmea: "Viva a vida", escreveu.

O ataque

Nas imagens, é possível ver Marina, em pânico, correndo para longe do suspeito assim que é libertada. A jornalista prestou depoimento nesta tarde. Em nota, a Globo disse que ela passa bem e classificou o autor do ataque como alguém com "distúrbios mentais".