APAE de COLNIZA elege nova diretoria

Por Harlis Barbosa 04/12/2019 - 11:24 hs
Foto: HB imagens
APAE de COLNIZA elege nova diretoria
Montagem hbsportnews / By Ulysses Barbosa

Esta matéria tem o objetivo de refletir acerca das políticas públicas educacionais, principalmente aquelas voltadas para a Educação Especial, na perspectiva da inclusão, e a história e atuação das APAEs na busca dos direitos das pessoas com deficiência, além de informar sobre a eleição da nova diretoria recém eleita em Colniza – MT. O artigo tem o objetivo de resgatar a história e a evolução do movimento apaeano em Colniza e no mundo.

Mediante a uma população de 45.606.048 milhões de brasileiros com deficiência, ou seja, 23,9% da população total tem algum tipo de deficiência – visual, auditiva, motora e intelectual. Sabe-se que a APAE não é a única instituição que luta pelos direitos das pessoas com deficiência, junto a ela existem inúmeras outras, entretanto, ainda existem pessoas com deficiência à margem da sociedade, sem nenhum tipo de atendimento ou amparo legal às limitações de sua deficiência. Destacam-se os desafios das APAEs com as escolas especiais e o atendimento educacional especializado frente à Política Nacional da Educação Inclusiva (2008), que estabelece a inclusão de todas as pessoas com deficiência no sistema comum de ensino. As políticas educacionais têm conseguido inverter os percentuais em relação ao índice de matrículas de pessoas com deficiência no período de 1998/2007 em escolas especiais e escolas regulares, ampliando, consideravelmente, a inserção do aluno a esta última, o que demonstra a orientação de uma perspectiva inclusiva nos diferentes níveis de ensino. Embora tenha tido avanços na prática das políticas educacionais inclusivas, nos últimos anos no Brasil, conclui-se que há um caminho árduo e longo para a transformação de ambientes inclusivos.

Em Colniza este trabalho tem sido desenvolvido com maestria, tem evoluído quando o assunto é físico, pois é claro e evidente que a sede da entidade vem crescendo proporcionando uma estrutura adequada as pessoas que dela necessitam.

Recentemente a Prefeitura Municipal de Colniza doou um terreno ao lado da sede atual de 2866, 53 M² que já passa por obras e futuramente será uma área onde as pessoas farão

Equoterapia é um método terapêutico e educacional, que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem multidisciplinar e interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com deficiências e/ou necessidades especiais”.

O recém eleito presidente Carlos Eduardo Pimenta e seu vice Rondinely Matheus juntamente com toda a diretoria e colaboradores agradecem ao prefeito Jesineison de A. Brandão e todos os cidadãos que sempre estão ajudando e sempre que podem se reúnem em torno desta nobre causa.