Moto voadora começa a ser vendida por US$ 380 mil antes mesmo de ficar pronta

Ainda em desenvolvimento, modelo chega à velocidade máxima de 240 km/h e a 4.500 metros de altura. Em sistema de pré-venda, encomenda do veículo pode ser feita pela internet.

Por Harlis Barbosa 27/03/2019 - 09:15 hs

Moto voadora começa a ser vendida por US$ 380 mil antes mesmo de ficar pronta
Montagem hbsportnews

A empresa americana Jetpack Aviation anunciou a produção da primeira moto voadora para a venda. Chamado de Speeder, o modelo pode ser encomendado pela internet ao preço de US$ 380 mil - valor equivalente a R$ 1,5 milhão.

·         Como serão as motos no futuro?

Alguns fabricantes estão trabalhando no desenvolvimento de motos voadoras, baseadas em drones, pelo mundo. Em Dubai, por exemplo, a polícia local participou de testes com um modelo similar feito por russos.

Ao contrário dos carros voadores, essas motos não possuem pneus e rodas, ou seja, só são feitas para voar e não rodar em estradas. Veículos de 4 rodas e capazes de voar também já estão à venda no mundo, eles são apontados por autoridades como possível solução para problemas de transporte.

Protótipo em desenvolvimento

O modelo ainda está em fase de desenvolvimento e para fazer a reserva o interessado precisa desembolsar US$ 10 mil e, futuramente, pagar o restante da quantia. Ainda não há um prazo definido para a entrega das primeiras unidades.

De acordo com a fabricante, apenas 20 unidades serão produzidas para a venda ao público comum.

Conhecida por fabricar o equipamento que leva o mesmo nome da empresa, um tipo de mochila com turbinas que faz uma pessoa voar, a Jetpack tem como objetivo fornecer a moto voadora para governos e implementos militares no futuro.

Apesar de as primeiras unidades terem destino recreativo, a empresa espera que a moto voadora possa ser utilizada em resgates em áreas remotas no futuro.

Movida por 4 turbinas, a diesel ou querosene, a moto voadora pode ultrapassar os 240 km/h e chegar à altura de 4.500 metros. Sua autonomia varia de 10 a 22 minutos. No entanto, a Jetpack ressalta que, como o veículo ainda está em desenvolvimento, o desempenho ainda pode ter alterações.

Nos Estados Unidos, os futuros donos terão que passar por treinamento e ter uma licença para voar. Ainda haverá uma versão da moto com velocidade reduzida que não precisará da habilitação, apenas treinamento.