Secretaria de Meio Ambiente de Colniza fala sobre o fim da Piracema

Por Harlis Barbosa 07/02/2019 - 10:08 hs
Foto: Imagens extraídas da internet
Secretaria de Meio Ambiente de Colniza fala sobre o fim da Piracema
Montagem hbsportnews

 

Por= Harlis Barbosa e Anderson Silva

 

Com o fim da Piracema, no dia 31 de janeiro, a pesca foi liberada nos rios de Mato Grosso. Nos rios federais, que passam por mais de um estado, a pesca também estará liberada nos trechos que percorrem o território mato-grossense a partir do dia 1º de fevereiro.

Iniciada em 1º de outubro em Mato Grosso, a Piracema é período em que os peixes estão em processo de reprodução. A pesca nesse período é crime e acarreta em prisão e multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil com acréscimo de R$ 20 reais por quilo de peixe encontrado. A pesca amadora e o pesque e solte também estão proibidas neste período.

Porém, nos trechos que fazem divisa com outras unidades da federação, em que uma margem está dentro de Mato Grosso e a outra margem em outro Estado, a proibição continua até dia 28 de fevereiro. A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) disponibiliza em seu site um mapa identificando os rios federais de divisa e sua localização, além dos trechos de rios com áreas de proteção integral. 

A secretária Maristela Sanches pede que mesmo com o fim do período de defeso os pescadores amadores e profissionais devem procurar se informarem sobre as regras, do tipo: Quantidade e tamanhos que podem ser pescados tanto para amador quanto para profissionais.

A secretária informou que as proibições quanto ao uso de Tarrafas, Rede, e espinhel permanecem.

Os amantes da pesca que precisarem de maiores informações ou denunciar alguma infração podem também ligar no numero 3571 1000 e pedir para falar no ramal da Secretaria.