Taques passa o bastão para Mendes... E que Deus abençoe o MT!

Por Harlis Barbosa 02/01/2019 - 18:01 hs

Vinícius Lemos, Bárbara Sá, Vinícius Bruno e Jacques Gosch

 

Pedro Taques passa faixa de governador a Mauro Mendes. Taques ainda ajeita o distintivo do cargo. Ato foi rápido, protocolar, frio e sem discursos

Às 17h55 desta terça (1°), Mauro Mendes (DEM) recebeu a faixa de governador de Mato Grosso das mãos do agora ex-chefe do Executivo estadual, Pedro Taques (PSDB), no Palácio Paiaguás. O ato, que ocorreu sem discursos ou comentários diante da imprensa, marca o fim da gestão do tucano e o início do mandato do democrata.

Mauro estava acompanhado da família e do vice, Otaviano Pivetta (PDT), quando chegou ao Palácio Paiaguás. Minutos antes, o novo governador havia sido empossado na Assembléia Legislativa do Estado.

O encontro entre o democrata e o tucano, que eram aliados até meados do ano passado, foi bem sucinto, para não dizer frio. Os dois subiram em um pequeno palco, no salão dos carros do Palácio Paiaguás. O narrador anunciou que se tratava de um ato oficial protocolar.

Em seguida, Taques passou a faixa de governador e o ajudou a ajustar no peito do governador Mauro. Os dois se cumprimentaram e foram aplaudidos pelo público que estava no local. Os dois optaram por não discursar e mesmo em silêncio se mantiveram lado a lado. O ato foi breve e durou menos de um minuto.

 

Além de Pivetta e dos parentes de Mauro, entre os aliados do novo governador, também estiveram presentes o presidente regional do Democratas, Fábio Garcia, e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação escolhido por Mauro, Nilton Borgato.

 

Taques aguarda chegada de Mauro com filha Renata, ex-secretária Paola Reis e ex-chefe Casa Militar Wesney Sodré

Taques estava acompanhado da filha, a estudante de Medicina Renata Taques, e de aliados que compuseram sua equipe ao longo dos quatro anos como governador, entre eles a ex-secretária Paola Reis,  e o agora ex-secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia.

Logo após Taques passar a faixa para Mauro, os familiares deles subiram no pequeno palco. Em certo momento, a primeira-dama Virgínia Mendes entregou um buquê de flores à filha de Pedro Taques.

Ao fim da solenidade, Mauro seguiu para a Faculdade de Tecnologia de Mato Grosso (Fatec), o Senai, na avenida XV de Novembro, para o ato de posse dos 15 secretários que irão integrar a sua equipe.

Conforme o cerimonial do Governo, os custos dos eventos de posse foram reduzidos, se comparados com as duas gestões anteriores, pois Mauro optou por usar o mínimo de estrutura possível. Em toda a cerimônia, foi servido apenas água e refresco de caju.

Enquanto Mauro assume o Executivo estadual, Taques planeja um ano mais tranquilo, em relação à política. Ele pretende viajar ainda em janeiro. Depois, quer retomar a carreira de advogado – revelou recentemente ter alugado um escritório na Capital – e planeja voltar a dar aulas de Direito em universidades. O agora ex-governador e também ex-senador, porém, não descarta um possível retorno à política.