No ultimo domingo (11) na pista do clube Viola Brasil em Colniza aconteceu a badalada e maciçamente divulgada “Corrida do Milão”.

No ultimo domingo (11) na pista do clube Viola Brasil em Colniza aconteceu a badalada e maciçamente divulgada “Corrida do Milão”.

Por Harlis Barbosa 13/03/2018 - 11:21 hs
Foto: Ulysses Barbosa/ hb canon t5 2018
No ultimo domingo (11) na pista do clube Viola Brasil em Colniza aconteceu a badalada e maciçamente divulgada “Corrida do Milão”.
Montagem hbsportnews

 

Foi mais ou menos assim, a trupe dos motoqueiros ávidos por competições desembarcaram em Colniza durante toda a semana passada, e na medida em que se aproximava o dia “D” chegavam cada vez mais, dava para perceber pelo aumento de veículos de fora na cidade às caras diferentes começavam aparecer no município, juntamente com suas caminhonetes com as BRUTAS em cima, mas o termômetro mesmo foi à presença na pista de treinamentos cada dia aumentava o numero de pilotos treinando.

No sábado já era visível que a turma dos cavalos de aço tinha aterrissado em Colniza, mas antes de misturar a terra, e separar os homens das crianças, a trupe soltou o esqueleto no baile promovido pela organização denominado “Baile dos Motoqueiros”, no domingo (11) mal raiou o sol já se via muitas motos em oficinas ou quintais passando pelo ultimo ajuste, e daí para frente à adrenalina só subia.

Às treze horas exatamente o JD THON soltou um ROCK de DIRE STRITS o locutor Anderson Silva empunhou o microfone, o fiscal de prova Dr. Alex ergueu a bandeira quadriculada os pilotos aceleraram, e pronto estava lançada a sorte.

A festa destes maravilhosos barulhentos começou com uma inovação na pista do clube Viola as damas competindo, onde a pilota da casa Luana Lenk deu um show de pilotagem e sagrou se campeã, depois veio à hora da Onça beber água e pilotos como Antonio, Dearo, Turugo, e outros aceleraram para cima da pista fofa e pesada até receberem a bandeirada final.

Ao final de tudo Deus protegeu a todos e ninguém se feriu gravemente, e a ambulância do (SAMUR) que foi usada somente pelo piloto estar com esgotamento decorrente de muito esforço, na maior parte do tempo o importante Serviço Médico de Urgência se tornou um mero coadjuvante.

Parabéns Paulo Cardoso e desportistas amantes deste esporte apaixonante, sem vocês com certeza o mundo seria muito monótono.

Segue a classificação


Feminino

1ª Luana Lenk

2ª Dayana

3ª Karol

 

Roda Preza

1º Roninho

2º Bambino

3º Dyone

4º Guilherme

5º Sapo

 

150 C

1º Rogério

2º Dearo

3º Toninho

4º Kabeção Giovane

5º Thiago

 

Força Livre

1º Rogério Montoya

2º Ryan

3º Dearo

4º Danilo

5º Pablo Vieira

 

PARABÉNS A TODOS.