EDUCAÇÃO DE COLNIZA: REALIDADE E PERSPECTIVA

Por Harlis Barbosa 12/02/2017 - 11:00 hs

O Secretário Municipal de Educação José Vanderlei Nunes Fernandes, o Superintendente do Campo Marcio Aparecido Lopes Pereira e o Superintendente de Gestão Escolar Rubens Marques, juntamente com a Assessora Pedagógica da Rede Estadual Professora Maria Regina de Moura Carvalho estiveram em Cuiabá apresentando projeto de cooperação técnica para uso compartilhado dos espaços escolares entre a Rede Municipal e a rede Estadual no Município de Colniza.

Em audiência com o Assessor Estratégico do Gabinete do Secretário de Estado de Educação, Marco Aurélio Marrafon, a equipe apresentou que o Município de Colniza, necessita de maiores investimentos na capacitação e formação continuada de professores, ações de melhoria na estrutura física e equipamentos das unidades escolares, garantia de acesso através do transporte escolar e parcerias efetivas com a Secretaria de Estado de Educação para avançar na qualidade do atendimento educacional.

Várias escolas de nosso município ainda contam com infraestrutura mínima para receber os alunos de diferentes idades que tem o direito de aprender. Mesmo que as escolas contem com bons diretores, com professores dedicados e com a força de vontade dos alunos, estudos mostram que a infraestrutura pode ter papel essencial na formação dessas crianças e adolescentes, além de garantir conforto e bem estar não apenas aos alunos, mas também para os professores e a toda comunidade escolar.

Na oportunidade cobraram soluções para os desafios encontrados no município de Colniza esperando melhorar ainda mais a parceria que existe entre as redes públicas de Ensino. Colniza possui uma demanda muito grande no atendimento dos alunos do Ensino Médio, e o estado precisa ampliar sua oferta para poder atender essa demanda. No ano de 2016 o município cedeu o espaço físico de 25 escolas rurais para que o estado pudesse atender a oferta que é de responsabilidade do Estado, fazendo então o uso compartilhado do espaço físico.

Em 2017 a Secretaria Municipal de Educação está desenvolvendo o Projeto de nucleação das Escolas do Campo, onde pretende reduzir o número de escolas pela metade, aumentando assim o número de alunos que o Estado deverá atender e diminuindo os pontos que serão atendidos. Também estará sendo transferidos para o Estado os alunos de 6º ao 9º ano de todos núcleos, mas para que isso ocorra serão necessários investimentos em infraestrutura, transporte escolar e melhoria das estradas vicinais.

Uma das reivindicações apresentadas a SEDUC foi o pedido de Estadualização da Escola João Alves dos Santos, no Distrito de Três Fronteiras há 310 km da sede do município, onde a rede municipal atenderá apenas a pré escola e o 1º ciclo, transferindo para o Estado os alunos do 2º e 3º ciclo. Também foi cobrado a construção da Escola Estadual Pedro Borges localizada na linha 20 P.A. Escol Sul e solicitado a Construção de uma Escola Estadual no Bairro Garça e outra na BR 174 próximo a linha G4 onde funcionava a antiga Escola Municipal Maria Quitéria.

A Equipe esteve em diversos setores da Secretaria de Estado de Educação. Na Superintendência de Diversidade, trataram sobre a Educação do Campo, avaliando a possiblidade de implantação da Pedagogia da Alternância e do ensino modular. No Micro Planejamento reivindicaram recursos para ampliação dos espaços físicos cedidos pelo município, bem como a solicitação de mobiliários.

O Secretário Municipal de Educação e os Superintendentes acompanhados do Secretário Municipal de Administração Vanderlei Borin, participaram  do 1º Encontro de Gestores Municipais de Educação – 2017, com o tema: Ser Dirigente Municipal de Educação: Realidade e Perspectivas. O Encontro aconteceu no auditório da Escola Superior do Tribunal de Contas de Mato Grosso, com as pautas: Gestão, Legislações, Conviva Educação, Ações Integradas, TCE, SNE/PNE/PEE/PME.

No Encontro foram abordado as dimensões da Gestão Educacional com a palestrante Elaine Benetti Lovatel, Gestão Administrativa e agenda dos Cem Dias com a palestrante Gisele Faria de Oliveira, Gestão de pessoas e plano de carreira e remuneração com a palestrante Ivone da Rocha, Gestão Financeira com a palestrante Marlene Julia de Oliveira Scarpat, Programas e Projetos Educacionais com a palestrante Adriana Tomasoni.

Na fala do Presidente da AMM Neurilan Fraga, ele colocou que se o Gestor Municipal quer contribuir para o desenvolvimento do país precisa investir em Educação. O mesmo em nome dos municípios cobrou da SEDUC reajuste no valor do repasse do transporte escolar. Ele disse que hoje o Estado repassa R$ 2,05 por km rodado e que os municípios estão tem dificuldades para atender a comunidade escolar, pois o valor repassado não cobre as despesas que são gastas.

O Secretário de Estado de Educação Marco Aurélio Marrafon falou sobre Projeto Caravana Interativa: Programa Pró-Escola e as Ações Integradas. Ele colocou que já visitou 9 Pólos do Cefapro e ainda faltam 6 Pólos para apresentação do Programa. Sobre o Transporte Escolar o mesmo disse que criando o FETHAB ESCOLAR, onde parte dos recursos do FETHAB serão destinados para o transporte escolar ampliando os repasse de R$ 2,05 que poderão chegar a R$ 2,70 por km rodado. Disse também que em reunião com o Ministro da Educação  foi solicitado 240 ônibus por meio do Programa Caminho da Escola começar a fazer a reposição da frota existente no Estado. Segundo o Secretário de Estado de Educação, esse Projeto contemplará as escolas da rede com acesso a internet, projetos estratégicos, ensino gital, melhores estruturas, novo sistema educacional, escola com saúde e lazer, esporte e educação, esporte na escola, escola pró-esporte.

O Conselheiro Antônio Joaquim Neto do Tribunal de Contas de Mato Grosso palestrou sobre Gestão Municipal Eficaz e Transparente, onde mencionou sobre a Promoção da Qualidade, da Cidadania e da Responsabilidade Social. O conselheiro enfatizou sobre o papel do TCE/MT, que é Melhorar a qualidade da Gestão Pública; Promover a boa governança; Combater a corrupção e o desperdício; Incentivar o controle interno. Disse que a Gestão Pública deve ser orientada por resultado e isso só é possível com planejamento e preparo das pessoas para o cargo público.

O palestrante Carlos Eduardo Sanches, responsável pelo ambiente virtual do Conviva Educação, falou sobre os desafios da Gestão da Educação Municipal e que o Conviva Educação possui mais de cinco mil Municípios cadastrados, onde cada Secretaria Municipal de Educação passa a cadastrar todas as suas atividades pedagógicas, financeiras, transporte escolar, merenda escolar, folha de pagamento, passando a gerenciar todas as ações da educação no mesmo ambiente virtual e sem custos para o município.

Também esteve presente nessa promissora estadia na capital do Estado a Coordenadora Pedagógica da Educação Infantil do município a professora Elizabete de Oliveira, onde participou do Fórum Mato-grossense de Educação Infantil, promovido pelo mirei ( Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil, realizado no auditório da SEDUC.