Papa recebe missionários na véspera da canonização de Madre Teresa

Por Harlis Barbosa 03/09/2016 - 17:59 hs

Morta há 19 anos, missionária será transformada santa neste domingo (4)
Pontífice foi beijado por freira durante audiência com voluntários.

O papa Francisco recebeu neste sábado (3) um grupo de missionários e voluntários ligados a obras de caridade no Vaticano, na véspera da canonização de Madre Teresa de Calcutá. Ela será transformada em santa pela Igreja Católica, 19 anos após sua morte

Cercado de uma multidão durante a audiência, o papa foi presentado com uma guirlanda por uma freira ligada ao grupo Missionárias da Caridade, congregação religiosa fundada por Madre Teresa.

'Santa das sarjetas'
A igreja abriu caminho no ano passado para a canonização de Madre Teresa após declarar como milagre a recuperação do brasileiro Marcilio Haddad Andrino, que tinha múltiplos pontos de inflamação no cérebro.

Quando Andrino sofreu em 2008 os abscessos cerebrais, dos quais médicos disseram que ele não iria se recuperar, sua família rezou para Madre Teresa. Ele disse que seu estado de saúde piorou ao ponto de que sofreu para conseguir andar ao altar durante seu casamento, em setembro de 2008, e no início de dezembro foi levado inconsciente para hospital.

Vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Madre Teresa foi uma das mulheres mais influentes dos 2 mil anos de história da igreja, aclamada por seu trabalho com os mais pobres nas favelas da cidade indiana de Calcutá.